segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Agora só te quero quando estiveres bem, feliz, nem que seja uma felicidade falsa.

Tudo o que eu preciso é de um abraço. De um ombro onde eu possa chorar. Por cinco minutos apenas, ou por uma hora, até. Chorar aos solavancos com palavras directas do coração pelo meio. Está tão longe esse abraço, está tão longe esse ombro. Cada vez mais. Eu procuro-o. Faço notar que preciso dele, mas nada o faz perceber. Nada. Há problemas maiores que estes meus momentos. Já não há vontade. Já não é a mesma coisa, porque não há vontade. A vontade de estar sempre lá, para o que der e vier.  Fugiu e eu não a encontro. Já a procurei? Muito, até que me cansei.

9 comentários:

salto para a lua disse...

nao sei bem o que te inquieta, mas deixa que te diga isto:

vai passar! e mais tarde, quando te recordares vais rir, acredita. tens 20 e tal aninhos. és uma miúda, tens mais é que ser feliz, segue em frente, deixa as amarguras para trás. força!
:)

Y disse...

O tempo vai ajudar a que isso te passe :). Força ;).

Lady Me disse...

salto para a lua, muito obrigada pela força :) vou tentar seguir o teu conselho!

Y, muito obrigada!

Beijinhos*

D. disse...

Não há mal que nunca acabe ;)

João Castro disse...

http://www.youtube.com/watch?v=3gMtuG3n0Ps

João Castro disse...

acho que vais perceber porque é que pus essa musica :)

Lady Me disse...

Obrigada, João! Percebi o porquê da música :) Obrigada!

Cilvia Oliveira disse...

isso é o meu sentimento de quase todas as noites :/

Brown Eyes disse...

Lady não podemos perder a calma para continuarmos a ver, para sabermos contornar os problemas. Tudo se resolve e amanhã saberás como. A tua força ajuda-te a dar a volta por cima.Beijinhos