segunda-feira, 5 de julho de 2010

Não

Hoje é apenas mais um dos dias em que penso que para os dois podermos ser felizes, temos que nos deixar. Temos que ir embora os dois. Nunca mais nos vermos. Não vejo outra maneira de sermos felizes. Porque estar perto de ti sem estar contigo é muito mais complicado que estar longe e já não fazer parte da tua vida. Porque estar perto de ti sem poder estar contigo faz-me confusão. Não me deixa pensar noutra coisa senão em ti e se também estarás a pensar em mim. Odeio quando me recebes com mil pedras em cada mão e atiras como se não me magoasse ou como se já fosse normal receberes-me assim. Se calhar até é. Somo assim: de extremos. Ou contigo totalmente ou completamente sem ti. Sermos parte um do outro sem estarmos juntos fisicamente não dá, definitivamente, para nós. Não dá. E não há volta a dar.

5 comentários:

incógnita disse...

a distância e o tempo por vezes são a melhor solução, ou até não.

Nitinha disse...

Adoro a maneira como escreves, e o teu blog :D

Seguindo +.+

Poetic GIRL disse...

Longe da vista, longe do coração já dizia o ditado... beijocas

Alexandra Santos disse...

Amei o texto, ja ganhas.te + 1 seguidora =D

Denise disse...

Sinto-o tão profundamente...
(+ outra seguidora =P)